20110201-1


※上記の広告は60日以上更新のないWIKIに表示されています。更新することで広告が下部へ移動します。

Manifestantes tentam organizar mais uma passeata no Egito
A tensão aumenta no Egito com manifestantes tentando realizar mais uma enorme passeata contra o governo do presidente Hosni Mubarak nesta terça-feira.

Nesta segunda-feira protestos continuaram sendo realizados na capital, Cairo, e em outras cidades pelo sétimo dia consecutivo.

Mubarak, que havia prometido reestruturar seu gabinete, já selecionou quase todos os principais ministros, inclusive o ministro do Interior, responsável pela segurança. Mubarak indicou que pretende continuar no poder.

O novo vice-presidente Omar Suleiman fez um discurso na rede estatal de televisão pedindo que os partidos de oposição entrem em diálogo.

Enquanto isso aumentam os pedidos para a renúncia de Mubarak, e os manifestantes estão tentando reunir mais de um milhão de pessoas no Cairo nesta terça-feira.

Dezenas de milhares de pessoas já haviam começado a se reunir numa praça pública no centro do Cairo na noite de segunda-feira, enquanto o exército enviava tanques e veículos blindados para o local.


União Europeia conclama transição rumo à democracia no Egito
A União Europeia conclama o governo do Egito a entrar numa transição rumo à democracia, de forma ordeira, através do diálogo.

Uma declaração conjunta emitida ontem, segunda-feira pelos 27 chanceleres da União Europeia, expressa pesar pela perda de vidas durante os tumultos, e faz um apelo a todas as partes para que se contenham e evitem mais violência.

O documento pede que autoridades egípcias restaurem o acesso à internet e todas as demais redes de comunicação.

A declaração pede também por uma transição que leve a um processo genuino de reforma democrática, acrescentando que o mesmo deverá pavimentar o caminho para a realização de eleições livres e justas.

Catherine Ashton, chefe de políticas estrangeiras da União Europeia declarou à imprensa que o governo egípcio deveria ir ao encontro do desejo do povo, em prol de um futuro justo e melhor, com medidas tangíveis.

Os chanceleres da União Europeia também discutiram a revolta popular na Tunísia e concordaram em congelar os bens do presidente deposto Zine El Abidine Ben Ali.



Protestos afetam empresas japonesas no Egito
Os protestos em andamento no Egito estão afetando as empresas japonesas que operam naquele país.

A montadora Nissan Motor suspendeu a produção em sua fábrica em Giza, desde o domingo passado até a próxima quinta-feira. Ordenou ainda que quatro funcionários japoneses deixassem o território egípcio. Já a Suzuki Motor fechou no domingo sua fábrica localizada na periferia do Cairo. O empreendimento é operado conjuntamente com uma companhia local.

Quatro grandes empresas mercantis - Sumitomo Corporation, Itochu, Marubeni e Sojitz - fecharam seus escritórios temporariamente na capital egípcia, e ordenaram que empregados e seus familiares deixassem o Egito.

Segundo a Organização de Comércio Exterior do Japão (Jetro), até abril de 2010, havia 56 empresas japonesas operando em território egípcio.




Coreias do Sul e do Norte teriam realizado conversações em novembro
Segundo fontes do governo sul-coreano o país teria realizado conversações com a Coreia do Norte na China em novembro do ano passado com o objetivo de melhorar as relações bilaterais, um pouco antes do ataque de Pyongyang a uma ilha da Coreia do Sul.

Estas fontes informaram à NHK que funcionários dos dois países teriam se encontrado em Shenyang por volta do dia 13 de novembro, a pedido da Coreia do Norte, e discutido o aprofundamento dos laços bilaterais, que haviam sido prejudicados pelo afundamento de um navio da Marinha da Coreia do Sul em março.

Os dois países teriam discutido também a ajuda humanitária às regiões inundadas da Coreia do Norte, além da possível realização de uma reunião de cúpula.

Apesar disso, no dia 23 de novembro a Coreia do Norte bombardeou a ilha sul-coreana de Yeonpyeong. Segundo as fontes a Coreia do Sul teria perdido a confiança na Coreia do Norte por causa desta provocação feita após o pedido de diálogo.

O governo da Coreia do Sul propôs a realização de conversações militares a nível de trabalho com a Coreia do Norte no dia 11 de fevereiro, respondendo a um pedido de Pyongyang, mas o governo sul-coreano acrescentou que vai observar cuidadosamente o que a Coreia do Norte tem a dizer a respeito do afundamento do navio e do ataque à ilha sul-coreana.



Mianmar nomeia candidatos à presidência nesta terça-feira
O novo Parlamento de Mianmar deverá nomear 3 candidatos à presidência ainda nesta terça-feira.

Acredita-se que cada vez mais que entre os candidatos, estará o líder máximo do governo militar, o general Than Shwe, bem como o premiê Thein Sein.

O Parlamento realizou sua primeira sessão ontem, segunda-feira, 2 meses após a primeira eleição geral em 20 anos no país, quando partidos pró-militares conquistaram uma vitória esmagadora.

No primeiro dia do Parlamento, foram eleitos os respectivos presidentes para a Câmara Alta e Baixa. Além disso uma nova Constituição, que havia sido aprovada em um plebiscito nacional conduzido em 2008 entrou em vigor.

Um candidato à presidência será indicado respectivamente pela Câmara Alta, Baixa, bem como pelos parlamentares militares ainda hoje, terça-feira.

Enquanto isto, a Liga Nacional pela Democracia, lançou uma página na internet apresentando as atividades de sua líder Aung San Suu Kyi.


EUA e UE impõem sanções a Belarus
Estados Unidos e União Europeia impuseram sanções a Belarus devido à repressão do país sobre os manifestantes que protestavam contra a reeleição do presidente Alexander Lukashenko, em dezembro do ano passado.

Centenas de manifestantes foram detidos após Lukashenko ter assegurado seu quarto mandato presidencial. Os resultados oficiais conferiram a ele quase 80% dos votos. As autoridades bielo-russas também prenderam candidatos presidenciais da oposição e efetuaram buscas em órgãos de imprensa.

Na segunda-feira, o Departamento de Estado americano proibiu que cidadãos do país conduzam negócios com a Belneftekhim, conglomerado estatal do petróleo de Belarus e suas duas subsidiárias.

Além disso, Washington vai barrar a entrada em território americano de funcionários governamentais bielo-russos responsáveis pela repressão.

Os Estados Unidos exortam Belarus a libertar imediatamente todos os detidos e permitir a livre manifestação do pensamento político.

Ainda na segunda-feira, a União Europeia anunciou restrições de viagem e o congelamento de bens tendo como alvo funcionários do governo bielo-russo.



Japão e Austrália vão reiniciar conversações sobre cooperação econômica
O Japão e a Austrália vão reiniciar na próxima semana conversações sobre a conclusão de um acordo de parceria econômica. Esta será a primeira vez que as duas nações vão discutir o acordo em quase um ano.

Os dois países vão realizar um encontro vice-ministerial de quatro dias em Tóquio a partir da próxima segunda-feira, para discutir a redução de tarifas sobre produtos agrícolas, industriais e do setor de mineração. Além disso serão discutidas maneiras de melhorar as condições para investimentos com o objetivo de criar estabilidade no fornecimento de recursos.

Os dois países começaram a realizar negociações sobre um acordo de parceria econômica há quatro anos, mas as conversações foram interrompidas devido à relutância do Japão em abrir o seu mercado agrícola. O primeiro-ministro Naoto Kan prometeu recentemente se esforçar para abrir o país e revitalizar a agricultura.

Alguns funcionários do governo japonês estão ansiosos pelo reinício das conversações com a Austrália, por temer que um atraso na criação do acordo de parceria econômica com aquele país possa impedir o Japão de participar das discussões sobre a Parceria Trans-Pacífica, já que a Austrália é um dos principais países que vão participar desses encontros.



União Europeia pede mais investimento no setor de energia renovável
A União Europeia fez um apelo por um aumento considerável de investimentos no setor de energias renováveis, objetivando atingir sua meta de até o ano 2020, obter 20% da energia da região por meio de fontes renováveis.

Em uma coletiva de imprensa ontem, segunda-feira, a Comissão Europeia, órgão executivo da União Européia, revelou que mais usinas de produção de energia eólica e solar serão necessárias para se atingir a meta de 20%.

Em 2008, a energia renovável respondia por cerca de 10% do consumo total de energia na União Europeia.

A comissão declarou que o investimento no setor de energia renovável precisa ser duplicado do nível atual, para 70 bilhões de euros por ano.

Nações que fazem parte da União Europeia, vinham intensificando o investimento em eletricidade obtida por meio da energia solar e eólica, através de um sistema de aquisição de preços fixos.

No entanto, algumas nações que passam por dificuldades financeiras, estão necessitando de uma revisão de seus compromissos em projetos no setor.



Campanha para a classificação de edifícios de Le Corbusier
O Japão é um dos seis países que decidiram tentar, mais uma vez, submeter edifícios do arquiteto francês Le Corbusier para reconhecimento como possíveis obras do Patrimômio Cultural da Humanidade Unesco.

Le Corbusier, um dos maiores mestres da arquitetura moderna deixou obras que influenciaram o planejamento urbano ao redor do mundo.

Além do Japão, a Bélgica, a França, a Suíça, a Argentina e a Alemanha querem acrescentar 19 edifícios de Le Corbusier à lista do Patrimônio Cultural da Humanidade, como o Museu Nacional de Arte Ocidental de Tóquio, construído em 1959.

Há dois anos o comitê do Patrimônio Mundial da Unesco rejeitou uma recomendação feita pelos seis países para o reconhecimento de 22 obras do arquiteto, alegando que, para tal, teriam que examinar o sistema de preservação e manutenção dessas estruturas.


Vulcão Shinmoe sofre nova erupção violenta
O vulcão Shinmoe, no sudoeste do Japão, sofreu uma nova erupção explosiva com fortes choques de ar, na manhã desta terça-feira. Esta foi a quarta erupção explosiva do vulcão desde a quarta-feira da semana passada.

A agência meteorológica local adverte que rochas grandes e nuvens de cinza vulcânica e gás - chamadas de fluxo piroclástico - poderiam atingir um raio de dois quilômetros em torno da cratera do Shinmoe. O órgão aconselha as pessoas para que se mantenham afastadas do local.



Seleção japonesa de futebol retorna do Catar
A seleção de futebol do Japão retornou ao país procedente do Catar, onde conquistou o título da Copa da Ásia, no sábado passado.

Torcedores entusiasmados receberam a equipe no aeroporto de Narita, nas proximidades de Tóquio. Eles saudaram o técnico da seleção - o italiano Alberto Zaccheroni - e nove jogadores que atuam na J.League, a liga japonesa de futebol profissional.

Trata-se da primeira conquista do Japão desde 2004, e o país soma agora quatro títulos da Copa da Ásia, no total.


Cotação do dólar
No mercado de câmbio de Tóquio, o dólar teve uma pequena queda nesta terça-feira, em relação ao iene. Às onze horas da manhã de hoje, horário local, a moeda dos Estados Unidos estava sendo negociada entre 82,00 ienes e 82,05 ienes, num recuo de 0,03 iene em relação à cotação da tarde de ontem, segunda-feira.